Compartilhar no Facebook Compartilhar por email

Lançamentos Apple 2018: Apple Watch Series 4, iPhone Xs, Xs Max e o Xr

Na última quarta-feira, 12 de setembro, ocorreu o Apple Special Event, Keynote responsável pelos lançamentos da Apple. Separamos para vocês os lançamentos de 2018. Vem dar uma olhada!

13/09/2018 às 16:18 por Mariana Di Giorgio

Apple Watch Series 4

 

 
        Redesenhado e reprojetado, o Apple Watch Series 4 foi lançado na última quarta-feira. O redesign refinado impressiona ao apresentar uma tela 30% maior, com muito mais informações e detalhes. Recursos avançados voltados à comunicação e saúde buscam inspirar o usuário a manter uma vida saudável, auxiliando no gerenciamento de tarefas rotineiras, atividades físicas e controle da sua saúde. 
 
        O Apple Watch Series 4 apresentou não só um novo modelo de acelerômetro e giroscópio, mas também um sensor de frequência cardíaca. Eletrocardiograma no pulso, notificações de alta e baixa frequência, SOS de emergência e detecção de quedas são algumas das infinitas possibilidades oferecidas no novo lançamento. 
 
        O novo modelo é oferecido em dois tamanhos, 40mm e 44mm. O reprojeto deste produto conferiu modificações relevantes como a otimização do alto falante 50% mais alto para chamadas telefônicas, Siri e Walkie-Talkie e recolocação do microfone para redução do eco. O chip S4 do dispositivo com processador dual-core de 64bits garante muito mais velocidade e o melhor, mantendo a bateria, que oferece até 18 horas com uma única carga. 
 
        Com o watchOS 5, o Apple Watch torna-se um companheiro de treino ainda melhor. As atividades permitem que usuários desafiem outros que possuem o produto. Os usuários podem alcançar seus amigos apenas com um toque no pulso com o Walkie-Talkie, mantendo ativo os princípios de saúde, conectividade e comunicação. E inovando, sempre. 
 
        O Apple Watch Series 4 (GPS) começa em US$ 399 (EUA) e o Apple Watch Series 4 (GPS + Celular) começa em US$ 499 , ambos com o design atualizado e novos recursos de saúde. A Série 3 continua disponível no novo preço inicial de US$ 279 , tornando-a ainda mais acessível aos clientes.

 

iPhone Xs e iPhone Xs Max

        Junto ao lançamento do Apple Watch Series 4, a Apple lançou novos modelos sucessores do iPhone X. O iPhone Xs e o iPhone Xs Max trazem significativas melhorias. Tratando-se dos smartphones mais avançados já lançados pela Apple, o iPhone Xs e o iPhone Xs Max chegam com 5,8 polegadas e 6,5 polegadas de telas OLED respectivamente, seguindo o design do lançamento passado, o iPhone X. Ambos os modelos têm corpo de vidro com a maior durabilidade já vista no mercado e aço inoxidável apresentando 3 cores: dourado, prata e cinza espacial. 

         Ambos os dispositivos possuem certificação IP68, sendo estes à prova d`água, resistindo até 2 metros submersos, durante 30 minutos. O Face ID, sistema de reconhecimento facial, apresenta sensores mais avançados para reconhecer as mudanças faciais do usuário, tornando-o mais rápido.

        A adoção do chip Apple A12 Bionic pode ter sido a atração do lançamento. Processador com 10 núcleos e arquitetura de 7 nanômetros, conta com 6 núcleos de CPU, 4 núcleos de GPU o que garante um desempenho consideravelmente maior. De acordo com o fabricante, o chip é 50% mais veloz que o visto no iPhone X, o A11 Bionic. 

        Em termos técnicos, as câmeras dos dispositivos não mudaram como o esperado. Na parte traseira, câmera dupla de 12 megapixels e na frontal, uma câmera de 7 megapixels, como o último lançamento. Até aí, nada demais. 

        No entanto, o diferencial se dá na combinação das câmeras com o auxílio do chip A12 Bionic. Com isso, os smartphones terão um sistema capaz de captar diversos frames para reunir os melhores elementos em uma única foto. A cada nova imagem, o processador neural faz 1 trilhão de operações para ajustar a câmera e gerar a melhor fotografia possível, sem contar com a possibilidade de alteração de profundidade que as câmeras oferecem, podendo focar ou desfocar os campos de uma imagem. 

        O iPhone Xs oferece bateria com promessa de 30 minutos a mais do que o visto no iPhone X. O Xs Max promete aguentar até uma hora e meia a mais do que o X longe da tomada. Ambos os modelos contam com a possibilidade de armazenamento de até 512Gb. 

        E por último, mas não menos importante, a Apple vai possibilitar o uso de dois chips nos dispositivos. O espaço extra de SIM card surge para suprir a necessidade de uso em viagens ou para pessoas com linhas pessoais e empresariais. 

        Os aparelhos estarão em pré-venda a partir desta sexta-feira (14) no site da Apple e no aplicativo da Apple Store e nas lojas Apple (EUA) a partir de 21 de setembro, estando disponíveis também através de revendedores autorizados e operadoras selecionadas. E o preço? Bem, o iPhone Xs começa em US$ 999 (64 GB). As outras versões custam US$ 1.149 (256 GB) e US$ 1.349 (512 GB), enquanto o XS Max terá opções de US$ 1.099 (64 GB), US$ 1.249 (256 GB) e US$ 1.449 (512 GB).

iPhone Xr

 
 
        Podendo ser considerado uma versão básica dos iPhone Xs e do iPhone Xs Max, o iPhone Xr foi lançado como uma opção que une a qualidade e acessibilidade. O design é essencialmente o mesmo, mas como diferença entre os dispositivos podemos citar a tela. No Xr, em vez da tecnologia OLED, adotou-se um painel LCD de 6,1 polegadas, o Liquid Retina Display. A resolução é de 1792 x 828 pixels, o que garante uma densidade de 326pp e um preço mais acessível. São seis versões de cores disponíveis: branco, preto, coral, azul, vermelho e amarelo. 
 
        As bordas do corpo deste dispositivo são feitas de alumínio aeroespacial série 7.000, o que não lhe garante tanta resistência a impactos quanto os outros modelos. Ainda falando de resistência, o Xr possui certificação IP67, resistindo até um metro submerso durante 30 minutos.  
 
        Falando de processador, a Apple investiu no mesmo equipamento e especificações dos outros smartphones lançados, o A12 Bionic, o que o torna tão poderoso quanto o Xs e o Xs Max. Já em termos de armazenamento, o Xr chega com três configurações possíveis, incluindo 64, 128 ou 256 GB de espaço interno. 
 
        Assim como o Xs e o Xs Max, o iPhone Xr  possibilitará o uso de dois chips no dispositivo. Sobre a bateria, a promessa é que o Xr dure uma hora e meia a mais longe da tomada, em relação ao iPhone 8 Plus.
 
        A câmera do Xr vem apenas com um sensor de 12 megapixels na traseira acompanhado por uma lente de ângulo aberto com abertura de f/1.8, um flash True Tone melhorado e a tecnologia Focus Pixels para alterar o foco das imagens. A câmera frontal, por sua vez, é idêntica à dos iPhones Xs, com 7MP. Tem-se a promessa de uma mágica: Um modo retrato para o Xs baseado em software, sem contar a possibilidade de gravação de vídeos em 4K a 60fps. 
 
        A pré-venda internacional do iPhone Xr começa a partir do dia 19 de outubro, enquanto o envio dos aparelhos está marcado para início em 26 de outubro. O valor de lançamento anunciado é US$ 749 (64 GB), US$ 799 (128 GB) e US$ 899 (256 GB).
 
        No geral, o Brasil levará um tempo para iniciar a pré-venda dos dispositivos. Se levarmos em consideração o ano passado, deveremos saber o preço dos aparelhos no final de outubro, e no início de novembro eles já devem estar nas lojas. 
 

 

Nós aqui na Premier, achamos bastante positivos os novos lançamentos, e não vemos a hora de colocar a mão neles. E você, o que achou?